Notícias

Exportação do agronegócio do RS cai 48% em volume e 28% em receita

Data: quarta, 20 de março de 2019 - Hora: 15:42

As exportações do agronegócio do Rio Grande do Sul em fevereiro tiveram queda de 48,2% em volume, ante igual período do ano passado, para 684,78 mil toneladas, e de 28,3% em receita, para US$ 580,54 milhões. Os dados estão no Relatório do Comércio Exterior do Agronegócio, divulgado na terça-feira, 19, pelo Sistema Farsul.

As exportações do complexo soja tiveram o maior recuo, de 77,2% no volume e de 79,6% no faturamento. O grupo carnes registrou queda de 14,7% na receita de exportação e de 13,5% no volume exportado. Já em cereais a redução foi de 56,7% em receita e de 54,3% em volume. O desempenho positivo ficou com o fumo e seus produtos, com aumento de 35,6% no faturamento e 32,8% no volume.

Outro destaque foi em produtos florestais, com crescimento de 20,5% em receita e 16,9% em volume. Na comparação com janeiro de 2019, as exportações do agronegócio do Estado caíram 37,4% em faturamento e 53,8% em volume. O complexo soja apresentou a maior retração, de 56,2% no valor e 54,7% no volume. O grupo cereais também teve queda na comparação mensal, de 76,8% em valor e recuo de 78,7% em volume.

+ Chuvas provocam prejuízos de R$ 342 milhões na rizicultura do RS
+ Setor produtivo gaúcho apresenta demandas de arroz ao governador do RS

Já produtos florestais tiveram diminuição de 64,4% no faturamento e de 51,9% no volume. O grupo fumo e seus produtos teve aumento 12,0% no faturamento e 24,4% no volume ante janeiro. Enquanto isso, o complexo carnes registrou aumento no faturamento de 1,0%, enquanto o volume exportado cresceu 5,4%.

No acumulado do ano, o Rio Grande do Sul exportou US$ 1,5 bilhão e 2,2 milhões de toneladas, queda de 6,2% em receita e 16,7% em volume em relação ao primeiro bimestre de 2018. O agronegócio foi responsável por 56,4% das exportações do Rio Grande do Sul no último mês.

A China, principal parceiro do setor, foi responsável por 30% da receita de exportação do Estado, seguida por Estados Unidos (6,8%) e Japão (6,1%).

Fonte: Globo Rural
Foto: ThinkStock



Venha e participe Conosco!
Deixe seu comentário,
Até a próxima.

Já viu os animais que vendemos? Veja Aqui!


Sem Artigos do Campo no momento