Notícias

O cuidado com a saúde bucal de um equino é fundamental

Data: quarta, 20 de março de 2019 - Hora: 14:32

Uma vez que, através deste cuidado conseguimos evitar que o animal venha a desenvolver alguns problemas como distúrbios alimentares, afecções odontológicas e até mesmo problemas comportamentais.

Os equinos com modificações dentárias apresentam dificuldade na apreensão, mastigação e, consequentemente, problemas na deglutição de alimentos; emagrecimento e perda de escore corporal; baixo desempenho e alterações físicas, seja esse equino utilizado para lazer, trabalho ou esporte.

A avaliação odontológica deve ser realizada com o animal a pastejo, no qual será avaliado à apreensão do alimento, a mastigação e o som do alimento sendo triturado.

Uma vez que ao perceber dificuldades consideráveis na hora da apreensão do alimento pode-se suspeitar de alguma fratura ou até mesmo lesão na região da cabeça. Deve ser realizado, também, o exame interior da boca, com ou sem auxílio de instrumentos.

odontologica em equinos
Equino com Cremalheira para exame odontológico
Na avaliação sem instrumentos, coloca-se o polegar no espaço interdental, exercendo leve pressão no sentido do palato, puxando delicadamente a língua para lateral oposta dos dentes que serão avaliados.

Ao abrir a cavidade, deve-se avaliar as gengivas buscando notar a presença de lesões, feridas ou úlceras, bem como um acúmulo de alimento impactado. Avaliando também a conformação dos dentes como gancho, rampa, ondulações e degraus.

A mastigação dos equinos é realizada através de movimentos lateralizados, criando assim pontas afiadas nas extremidades ao longo dos dentes.

Quando os movimentos não são feitos de maneira correta o animal tem dificuldades em se alimentar, tornando a mastigação inadequada, alterando a mecânica da movimentação e podendo apresentar sinais clínicos como: atraso na digestão, halitose, síndrome cólica, presença de fibras longas nas fezes, perda de peso, além de feridas na gengiva e língua.

Tratamentos devem ser realizados com frequência, como por exemplo, a raspagem, que tem como objetivo nivelar e corrigir erros causados por anomalias alimentares ou crescimento irregular dos dentes do paciente.

Logo ao nascimento, é importante a palpação da gengiva em potros para identificar dentes danificados ou a persistência da capa, evitando futuros problemas.

Para realização de tratamentos dentários, se faz necessário o uso de anestésicos, garantindo a analgesia, redução do estresse, e segurança do animal e do veterinário na hora de realizar o procedimento.

Percebemos de forma notória a importância da avaliação odontológica periódica para o equino, visando sempre o diagnóstico rápido e até mesmo precoce de uma possível afecção bucal e, se necessário, correção odontológica, buscando sempre um tratamento adequado para garantir o bem-estar e a vitalidade do animal.

Por Adalgisa Shigihara do Vale Oliveira, Carolina Galbieri Figueiredo, Marcel Henrique Esperança, Matheus Corsini Pilla, Nahia Haydee Miranda Bertoni e Thiago Magalhães Gonçalves
Orientação: Dra. Juliana Zambelli | Faculdade Anhanguera de Campinas

Na foto de chamada: Intervenção para assimetria dentária




Venha e participe Conosco!
Deixe seu comentário,
Até a próxima.

Já viu os animais que vendemos? Veja Aqui!


Sem Artigos do Campo no momento