Notícias

Tempo: Semana começa com tempo instável em praticamente todas as regiões produtoras do país; atenção para colheita

Data: segunda, 5 de março de 2018 - Hora: 09:17

A semana começa com tempo bastante instável por quase todo o país, mas com risco maior de temporais sobre o estado de Minas Gerais e Rio de Janeiro. Nas regiões produtoras do Matopiba, todo o Centro-Oeste e Sul, com exceção do Rio Grande do Sul, podem ocorrer pancadas de chuva ao longo do dia.

Essa condição, já que trará períodos de sol, contribui para o avanço dos trabalhos de colheita da safra de grãos em algumas localidades. Portanto, produtores devem estar atentos às previsões específicas. Segundo levantamento do Imea (Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária) em torno de 58,30% da área cultivada nesta temporada já havia sido colhida até a última sexta-feira (23).

Já o Deral (Departamento de Economia Rural) do Paraná, por exemplo, aponta que apenas 27% da área plantada de soja havia sido colhida até a última segunda-feira (26). A previsão para os próximos dias, segundo previsão da Climatempo, será de chuvas por quase todo o país, já que o mês começa com com muita disponibilidade de ar quente e úmido.

Na semana passada, por exemplo, Morgana Almeida, chefe do centro de Análise e Previsão do Tempo do Instituto Nacional de Meterologia (Inmet), fez um alerta para os produtores do Mato Grosso, Goiás, Minas Gerais e Matopiba para essa semana. Essas localidades estão em um corredor de umidade, em formação, que favorece um clima com uma nebulosidade mais intensa, com chuvas a qualquer hora do dia.

Se essa previsão vier a se confirmar, a Zona de Convergência do Atlântico Sul irá trazer uma condição chuvosa em toda a parte Central do país e o Matopiba a partir da próxima quinta (8) e sexta-feira (9).

Já o Sul do país teve, ao longo de toda a semana, um tempo mais instável. Houve uma chuva mais significativa no início da semana, acompanhada de queda de granizo, com várias lavouras na região sendo atingidas. Praticamente todo o Brasil, com exceção do extremo norte de Goiás, Bahia, Minas Gerais e extremo norte do Rio Grande do Sul recebeu bons volumes.

Fonte: Notícias Agrícolas



Venha e participe Conosco!
Deixe seu comentário,
Até a próxima.

Já viu os animais que vendemos? Veja Aqui!