criadores

SAÚDE ANIMAL Nutrição para o Cavalo de Esporte Parte I

Data: quinta, 13 de setembro de 2018 - Hora: 17:48

Durante o processo de domesticação, o homem mudou, e muito, os hábitos naturais do cavalo

No passado, os cavalos raramente recebiam alimentação concentrada, sendo a pastagem natural seu principal alimento e desta forma seu aparelho digestivo está com sua anatomia e sua fisiologia preparada para digestão.

Normalmente, uma boa pastagem é suficiente para manter suas condições em bom estado, porém, quando há necessidade de maior energia, somente o pasto não é capaz de satisfazer as suas exigências.

Em se tratando de cavalos de esporte e trabalho, associando-se a isso muitas das vezes os espaços reduzidos (animais em cocheiras), se faz necessária a utilização de alimentos concentrados ricos em nutrientes como: proteínas, energia, mineral e vitaminas.

Podem ser encontrados diferentes tipos de alimentos e diversas formas de se alimentar os cavalos, sempre lembrando os hábitos alimentares destes animais e tendo extremo cuidado para não serem cometidos erros absurdos levando a graves consequências.

Esses alimentos são originados de diversas fontes e devem ser combinados entre si, através de um balanceamento de forma a satisfazer as necessidades nutricionais do cavalo. No balanceamento, procura-se utilizar alimentos de fácil aquisição e de baixo custo.

A nutrição juntamente com o manejo e treinamento adequado, possibilita exteriorizar a capacidade genética do animal em seu crescimento, reprodução, trabalho, etc.

A nutrição adequada deve levar em consideração a idade, o objetivo, à função do animal bem como o manejo sanitário e reprodutivo assegurando melhores resultados em matéria de saúde e seu bem-estar.

Fonte: Cavalus Adaptado por Cosas del Campo
Foto: SPOLAVORI | FOTOGRAFIAS



Venha e participe Conosco!
Deixe seu comentário,
Até a próxima.

Já viu os animais que vendemos? Veja Aqui!