colunas

Nunca pensei ver alguma coisa assim
por Cristian Rey

Data: quarta, 12 de setembro de 2018 - Hora: 12:42

Me lembro ter ido a Palermo, na exposição de Outono desde muito pequeno. Acompanhando ao meu pai, quem habitualmente competía nos rodeios. No final da década dos 80 e principio dos 90. A final da prova F.Z. Ballester guardava um espetáculo que sempre prometia ser um show.

Assim foi uma final na que me encontrava na "verde" como se diz a tribuna de Palermo. Um grande amigo como é Pedro Muñoz (h), conhecido como "Pedrín", fez pódio saído Campeão e Subcampeão. O garanhão com o que foi Subcampeão até aquele dia, não o tinha visto se mexer. Tinha uma dor em seus membros. Inferiores, coisa que lhe restou possibilidades… mas jamais tinha presenciado um cavalo com a docilidade na sua boca e capacidade ou habilidade para em uma esbarrada deslizar suas patas por mais de dez metros. Foi tal o impacto que nos gerou que me lembro de estar com um amigo e ter baixado uma vez terminada a prova para que ver as marcas que tinha deixado.

Uma vez acontecido isto ao passo dos anos comecei a ver éguas na sua maioria que presentavam as mesmas características. Não era casualidad e, todas filhas de Curitoro Facón.

Hoje mais de 20 anos tem passado e se constituiu como um dos chefes de raça.
Proveem de uma família de cavalos de muito boa boca e com o instinto de deslizar chamativa mente suas patas em qualquer esbarrada. Conta com três filhas tricampeãs, feito que o faz único, ao saber Cimbronazo Esta Sí, que também foi campeã de rienda em Chile. Que também fose Freio de Ouro.

Toda uma lenda… Tinajera Petronila e Tinajera Agua Clara conforman o trio de Tricampeãs de Felipe Z. Ballester. Tem um grande filho de Facón que é Tinajera Miralejos, Campeão de rienda FICCC, cavalo sensação em Argentina. Outro destacado filho foi Chamaico Privinciano, garanhão que largasse no lugar 36 de morfologia na final do Freio em Esteio e chegasse como Freio de Alpaca. Tinajera Parejito sub-campão do corral de aparte, Tinajera Buen Abrigo, Campeão de Corral de aparte e exportado ao Brasil. Pai do garanhão de preço recorde Equador de Santa Edwiges. Tinajera Campo Lindo foi bicampeão de aparte, Aguaitando foi tricampeão.

Outros filhos que se convertiam em grandes reprodutores da raça em Argentina e Brasil foram, Tinajera Chambergo, Tinajera Leonero, Tinajera Chaja, e Tinajera Dos Caldenes.
Deixou grandes reprodutores como Tinajera Yaguarón, e a um grande reprodutor na atualidade como Tatuti Mozito. Quem fosse Freio de Ouro em Argentina, ademais de produzir dois Freio de Ouro e um Freio de Prata.
A família de Curitoro Facón está marcada pelos êxitos, seu pai Los Tilos Sembrador é filho de Los Tilos Cachupín, lembrando, Multi Campeão de rienda em Chile, desde os anos 1970 ao 1973 inclusive, com umas condições extraordinárias. Ademais cumpriu grandes campanhas desde 1970 ao 1977 no quadro de honra de potros em Chile. Ademais se exportou outro grande filho de Cachupín, Las Hortensias Rigolemu, de grande produção.

Como disse Don Victor Esevich, ninguém pensou que Curitoro Facón, seria essa pedra fundamental que é a o dia de hoje.

Fotos: Arquivo (Cristian Rey)
1 Tinajero Mira Lejos
2 Tinajera Sombra e Toro
3 Los tilos Sembrador
4 Curitoro Facón
5 Equador de Santa Edwiges
6 Curitoro Facón



Venha e participe Conosco!
Deixe seu comentário,
Até a próxima.

Já viu os animais que vendemos? Veja Aqui!