FICCC 2018

A vitória demora, mas vem!

Data: sábado, 26 de maio de 2018 - Hora: 12:48

Que as aventuras de irmãos são as mais divertidas, nós já sabemos. Agora... você já tinha ouvido que uma aventura com o seu irmão, trocasse o rumo da sua vida?
Bueno, nós temos o caso para contar para vocês. E ele é emocionante!

Em 1997, Gabriel Marty e seu irmão, pediram para ir para um Centro de Treinamento, indicado por um amigo do pai deles, e ali passaram as férias desse ano.
Foi ali, que eles começaram a montar cavalos, e como nada é por acaso, os primeiros animais que eles montaram foram de La Pacífica, e ficaram na memória deles para sempre. E no "para sempre", ficou um sentimento que nunca mais saiu... a paixão pelo cavalo crioulo, e o sonho pelo Freio de Ouro.

Como tinha um assunto no meio, o estudo, os irmãos aventureiros tiveram que se separar. O irmão do Gabriel, foi morar em Porto Alegre, e ele ficou em Uruguaia. Gabriel continuou indo no mesmo Centro de Treinamento, e o irmão encontrou uma nova casa onde ir treinar... O Centro de Teinamento de Leandro Amaral.
A distância, só se tornou um motivo para que quando se encontrassem, botassem a conversa em dia!, claro, sobre cavalos.

Paixão foi aumentando, vontade de se largar também. Então, lá foram eles, compraram uma égua. Égua que vinha com potranco ao pé, quem foi o coelhinho deles. Pois foi domado e treinado pela dupla. Saíram a algumas credenciadoras, e não tiveram muito sucesso, o que era mais um motivo para não desistir e seguir, pois tinham sede de sair vitoriosos.
Vendo toda essa sede e paixão, o tio da esposa do Gabriel, foi a primeira pessoa que apostou para mandar um cavalo.
Sim! O momento tinha chegado, um novo animal estava chegando nas mãos da dupla; que por uma lesão ele não conseguiu sair.

Mas, conforme o tempo ia passando, mais pessoas começaram a procurar.
Assim chegou, em uma credenciadora uma pessoa chamada Nestor Jardim, quem perguntou se não poderiam correr os animais Itapororó. O que Gabriel nos comenta que foi uma grande escola.
E também, Leandro Bicca, quem deu nas mãos deles, a primeira égua que os levaria ao Freio de Ouro, em 2008.

Com tudo isso acontecendo, teve uma coisa que só aumentou: a paixão pelo que eles faziam.

Antes de continuar, é muito importante recalcar que tudo isso foi possível, graças ao apoio incondicional da FAMILIA. Gabriel afirma que sem eles nada teria sido possível. "Vários e vários anos sempre o nosso pai nos incentivou, e nunca nos deixou faltar nada para nos construir este sonho, nosso Centro de Treinamento", afirma ele emocionado.

São anos de luta, momentos decisivos, coração que bate para fora do peito. Assim, nesta mistura de sentimentos, se foram dando as conquistas.

2012... Bocal de Prata da recoleta de São Manuel e Bocal de Alpaca com AS Malke Rancágua.
2013... AS Malke Rancágua, freio de prata.
2015... AS Malka Zafira, bocal de bronze e Freio de Bronze.
2016/2017... Freio de Ouro no Uruguay, com Ilusionada Constancia.
Até aí tudo bem, né?
Mas não leitores, nem tudo é como parece. Momentos ruins tem, e o Gabriel não escapou deles.
"Eu pensei em desistir, eu pensei em parar, eu me questionei se era isso o que eu tinha que fazer na minha vida", falou Gabriel.
Momentos de poucos cavalos, momentos de lesões que estragam sonhos, momentos que fazem pensar em qualquer coisa.

Mas como já falamos antes, nada nesta vida acontece por acaso, e muito menos, as pessoas estão conosco na nossa vida por acaso. O irmão do Gabriel, deixou bem claro isso, quando olhou olho no olho, e disse "Tua carreira está só na metade".
Foi assim, com uma palavra de impulso, que o Gabriel continuou. E vejam para onde ele continuou... Pois hoje, o Gabriel é o Freio de Ouro do Mundo do Cavalo Crioulo!.
Sim, assim como vocês estão lendo. Ele foi campeão, e fez chorar de emoção a um país inteiro, o Uruguay.

O Matrero e Gabriel, se conheceram a um ano e meio, quando o Juan Salustiano Peirano, fez o convite para ele, onde oferecia um cavalo promissor. E ficou confirmado... ele era promissor mesmo! Assim como o quando o irmão do Gabriel disse que a carreira dele estava só na metade.

Fica claro, né? NUNCA, mas nunca mesmo, podemos pensar em desistir. Deus coloca grandes provas, antes da vitória chegar, e nós devemos estar preparados.
Tal vez, alguma lágrima de tristeza caia, mas podem ter certeza, as de alegria vão cair ainda com mais força, acompanhadas de um belo sorriso no rosto.

Produção e texto : Maria Eduarda Sanes
Fotos: SPOLAVORI|FOTOGRAFIAS




Venha e participe Conosco!
Deixe seu comentário,
Até a próxima.

Já viu os animais que vendemos? Veja Aqui!